A investigação sobre Toxicodependências em Portugal: produtividade, colaboração científica, grupos de trabalho e âmbitos de investigação abordados
NAGIOS: RODERIC FUNCIONANDO

A investigação sobre Toxicodependências em Portugal: produtividade, colaboração científica, grupos de trabalho e âmbitos de investigação abordados

DSpace Repository

A investigação sobre Toxicodependências em Portugal: produtividade, colaboração científica, grupos de trabalho e âmbitos de investigação abordados

Show simple item record

dc.contributor.author González Alcaide, Gregorio
dc.contributor.author Agulló Calatayud, Víctor
dc.contributor.author Fernandes, Luis
dc.contributor.author Valderrama Zurián, Juan Carlos
dc.contributor.author Aleixandre Benavent, Rafael
dc.date.accessioned 2014-07-16T11:13:05Z
dc.date.available 2014-07-16T11:13:05Z
dc.date.issued 2009
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10550/37238
dc.description.abstract O objectivo do presente trabalho é o de apresentar uma visão actualizada do estado de desenvolvimento da investigação científica portuguesa sobre o Abuso de Substâncias, recorrendo a metodologias analíticas aplicadas à literatura científica. Foi realizada, para tal, uma análise bibliométrica e de redes sociais que caracteriza a produtividade, o grau de colaboração e o impacto das investigações científicas no período que decorre entre os anos de 2002 e 2006, identificando os principais grupos existentes na área e os âmbitos temáticos de investigação abordados. A produção científica é analisada tanto no plano interno como no internacional. São identificadas algumas limitações do estudo, como as que se relacionam com o perfil das bases internacionais de dados. Da análise efectuada ressalta a regularidade de uma já assinalável produtividade científica no período em análise, gerada essencialmente por organismos políticos e sanitários, no caso da pesquisa nacional, e em equipas universitárias orientadas para a investigação básica, no caso da pesquisa internacional. Discute-se o significado dos resultados obtidos, no que toca à organização da comunidade científica das drogas, questionando a sua coesão e sublinhando a necessidade de reforçar as ligações entre os grupos e a sua variabilidade geográfica.
dc.relation.ispartof Toxicodependências, 2009, vol. 15, num. 2, p. 13-34
dc.rights.uri info:eu-repo/semantics/openAccess
dc.source González Alcaide, Gregorio; Agulló Calatayud, Víctor; Fernandes, Lui; Valderrama Zurián, Juan Carlos; Aleixandre Benavent, Rafael (2009) A investigação sobre Toxicodependências em Portugal: produtividade, colaboração científica, grupos de trabalho e âmbitos de investigação abordados Toxicodependências 15 2 13 34
dc.subject Drogoaddicció
dc.subject Investigació
dc.title A investigação sobre Toxicodependências em Portugal: produtividade, colaboração científica, grupos de trabalho e âmbitos de investigação abordados
dc.type info:eu-repo/semantics/article
dc.date.updated 2014-07-16T11:13:05Z
dc.identifier.idgrec 052885

View       (1.231Mb)

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace

Advanced Search

Browse

Statistics